terça-feira, 9 de junho de 2009

Judith P. Alves - Danillo Ferreira


Até que enfim dei um basta nessa louca... Quem ela pensa que é? Minha dona? Agora é desligar o celular e não responder os clamores. Tenho coisa melhor para me preocupar... Tenho que ver como eu pego essa investigação do Jota... Aquela mulher morta sem roupa não sai de minha cabeça... como Jota pegou esse caso? Já deve ter botado um dos seus capangas pra vigiar o namorado dela... Mas não me parece assim tão simples...

- Humm, aquela mulher – Falou alto... lembrava aquela morena gostosa da Tamires Souza... Deixa eu parar de pensar besteira... deixa eu tomar um café aqui.
- Garoto! Me dá um expresso!
- Um momento senhora, estou atendendo aquele senhor. Logo, volto aqui!
- Então deixe! Vou esperar não! Tenho coisas a fazer! Que lerdeza!!!

Nenhum comentário: